Previstas Oficinas Participativas no Centro e Jardim Yolanda

Estão previstas mais 2 oficinas participativas de revisão do Plano Diretor de Miracatu no dia 25/04/2018 na sede municipal:

  • Centro, incluindo também os bairro Vila Expedicionária, Estação, Jd. Miracatu e Jd. Francisca
  • Jd. Yolanda, incluindo os bairros Vila Ubirajara, Ipê e Éden do Vale

Fique atento, divulgue e participe. Ajude a construir a Miracatu que você deseja!

Realizado treinamento dos agentes comunitários de saúde de Miracatu

Na manhã do dia 20/04/2018 foi realizado treinamento dos agentes comunitários de saúde (ACS) para aplicação dos questionários que integrarão o diagnóstico da revisão do Plano Diretor de Miracatu.

A coordenação da equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF) apresentou e distribuiu os questionários (veja aqui o modelo utilizado) e tirou dúvidas dos ACS quanto à sua aplicação. A amostra prevista é de 400 questionários, 10 por ACS, que serão aplicados em todas as áreas de atendimento do Programa, tanto nas áreas rurais quanto nas áreas periurbanas.

A expectativa é receber até o dia 27/04/2018 os dados coletados para análise e incorporação ao diagnóstico do PD Miracatu.

Agentes comunitários de saúde (ACS) recebem treinamento para aplicação dos questionários

Realizadas em 18/04 as Oficinas em Oliveira Barros e Jd. Alvorada

No dia 28/04/2018 foram realizadas 2 oficinas participativas para revisão do Plano Diretor de Miracatu, tendo como objetivos principais o de apresentar à população o que é um Plano Diretor, como ele pode contribuir para melhorar a qualidade de vida da população e, principalmente, consultar a população sobre a situação do seu bairro e quais demandas deveriam ser priorizadas.

A abertura das oficinas foi realizada pelo Prefeito Ezigomar Pessoa, que explicou à população presente a necessidade de revisão do Plano Diretor de Miracatu e se colocou a disposição para ouvir as demandas e, sempre que possível, saná-las ou explicar o andamento das ações da Prefeitura.

Na sequência, a equipe da consultoria utilizou o Informativo sobre o PD Miracatu (baixe aqui) distribuído aos presentes para explicar os principais tópicos e etapas de revisão do Plano Diretor, seguindo com uma entrevista que inclui os principais temas a ser tratados nesta revisão, como saneamento básico, moradia, emprego, mobilidade, saúde e educação, entre outros.

Informativo distribuído à população presente nas oficinas

As 17h30 iniciou-se a Oficina em Oliveira Barros, realizada no Barracão da Igreja, contando com a presença de moradores e da equipe da Prefeitura. As principais demandas apontadas pela população para o bairro foram relacionados à: Saúde (devido à falta de atendimento de pediatria e odontologia), Emprego (com destaque para a falta de oportunidades especialmente para as mulheres) e Mobilidade (devido à má condição dos ônibus que atendem o bairro). A situação da escola estadual ocupar o mesmo espaço físico da escola municipal também prejudica a quantidade de vagas na creche, que acaba por não atender toda a necessidade da população do bairro. A escola estadual está prevista em terreno doado pela Prefeitura de Miracatu, mas não tem previsão de construção.

Oficina em Oliveira Barros com presença da população e equipe da Prefeitura de Miracatu

Logo em seguida, a EMEIF Jd. Alvorada recebeu as 19h30 a equipe da Prefeitura e consultoria para a oficina com a população. Nesta ocasião houve menor adesão dos moradores, mas a oficina também foi produtiva, contando com moradores e também com o vereador Moisés. As principais questões que o bairro tem enfrentado são relativas à (1) Saúde (pois as obras da unidade de saúde prevista ainda não foram iniciadas), (2) Falta de acesso ao bairro (pois não há ligação independente ao bairro pela Rodovia BR-116) e (3) Ausência de pavimentação na maior parte das ruas do bairro. Foram citadas também a ausência de creche e a falta de oportunidades de emprego no bairro como questões importantes, assim como a inundação do córrego do Cedro que afeta pelo menos 20 casas do bairro.

Oficina no Jd. Alvorada teve abertura do Prefeito Ezigomar

Nas duas oficinas a equipe da Prefeitura de Miracatu compareceu em peso, possibilitando também que as demandas e as perguntas da população fossem esclarecidas de imediato.Os dados coletados nas oficinas serão processados e serão parte integrante do Produto 2 – Diagnóstico Técnico-participativo da revisão do Plano Diretor de Miracatu.

Oficinas Participativas previstas em Oliveira Barros e Jd. Alvorada – dia 18/04/2018

Dando início às Oficinas Participativas de revisão do Plano Diretor de Miracatu, estão previstas em Oliveira Barros e Jd. Alvorada duas oficinas no dia 18/04/2018.

Em Oliveira Barros, a oficina será realizada no Barracão da Igreja as 17h30.

Em Jd. Alvorada, a oficina será realizada na EMEF  Jd. Alvorada. Inicialmente prevista para  as 19h30, foi solicitada que também abra-se espaço para discussões um pouco antes, as 18h45, pois haveria conflito com a agenda dos cultos evangélicos que ocorrem toda 4a feira as 19h30. Com esta alteração, espera-se que haja maior aderência ao evento.

Realizada a Conferência de Lançamento da revisão do Plano Diretor de Miracatu

No dia 17/04/2018 as 18h30 foi realizada a Conferência de Lançamento da revisão do Plano Diretor de Miracatu. O evento reuniu na Câmara Municipal de Vereadores, as autoridades locais, com pelo menos 8 vereadores presentes, servidores da Prefeitura Municipal e também representantes da população da cidade.

A abertura foi realizada pelo prefeito, Sr. Ezigomar Pessoa, quem explicou da necessidade de revisão do Plano Diretor, que é de 2006, com 12 anos (revisão em 10). Ele ressaltou a importância da parceria com o Instituto Votorantim, Legado das Águas e BNDES para apoio na contratação da consultoria para revisão do Plano Diretor, uma vez que a prefeitura não possuía recursos próprios para este fim disponíveis. Ele finalizou sua fala ressaltando a necessidade da participação da população neste processo e o papel fundamental dos próprios vereadores, pois o Plano será, ao final,  votado pra virar Lei.

Na sequência, a equipe da consultoria deu início a apresentação do informativo com conteúdo básico sobre o que é e para que serve o Plano Diretor, bem como apresentou a página oficial do Plano Diretor de Miracatu.  Foi utilizada apresentação (acesse aqui) e detalhadas as etapas previstas, cronograma e formas de participação social, com destaque para a formação do Conselho da Cidade, Oficinas Participativas (em 11 localidades urbanas e aglomerados rurais) e aplicação de 400 questionários (a ser realizada pelos agentes comunitários de saúde nas áreas rurais e periurbanas).

A ata completa e lista de presença da Conferência podem ser acessados (aqui).